Fandom

Wiki Tonin

Vilano-San

32 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar

Vilano-San, Vilanosan ou Vilano-san, é o grande vião da saga O Ninja que Veio da Roça. É o grande vilão da primeira temporada, e nas duas seguintes, divide o palco com Pai-Meio, Tião Dois-Dentes e Aparecido.

HistóriaEditar

Vilano, como era originalmente chamado, era um pobre camponês aspirando uma vaga na academia de ninjas.
Vilano Sangrando.jpg

"Deve haver uma forma de fazer isso sem sujar as mãos!"

No entanto, seu objetivo nunca foi se tornar um ninja, já que, como poucos sabiam, a academia de ninjas tinha uma biblioteca cheia de livros de magia, o que ele realmente almejava. Vilano disputou a vaga com dois outros rapazes muito pobres: Pai e Mipussi. A disputa consistia em quatro provas: agilidade, inteligência, auto-domínio, e domínio das artes marciais. A primeira prova, uma corrida, foi vencida por Mipussi, que sempre foi o mais veloz.
Prova do Cubo Mágico.jpg

Vilano vence a segunda prova.

Vilano venceu a segunda prova, que envolvia resolver um Cubo Mágico. A terceira prova consistia em cada um dos três passar vinte e quatro horas nus num quarto escuro junto com uma mulher também nua e provocante. Para delatar aquele que não resistisse à tentação, cada uma das mulheres teve uma tintura pintada em suas partes íntimas. O vencedor foi Pai.

Na noite anterior a da quarta prova, Mipussi fez um acordo com Vilano, em que o futuro rei de Sanvil fingiria beber a água envenenada e forjaria a derrota, algo que Vilano pagaria com a mesma moeda anos depois. No dia seguinte, Vilano levou seu plano adiante. Aproveitando os efeitos de sua poção, Vilano cortou as pernas de Pai, ganhando, assim, sua ascenção.

003 - O Jogo de Truco.jpg

O jogo de truco valendo Toba.

Após sua vitória inicial, Vilano foi procurar o Oráculo para ganhar ivencibilidade, e teve que vencer o "preto veio" num jogo de truco valendo Toba, cidade da província de Mie, no Japão. Ele também pagou sua parte no acordo feito com Mipussi, e forjou uma derrota para que seu ex-colega se tornasse rei de Sanvil. Ele também formou um pacto com Pai para secretamente financiar as atividades dos Ninjas de Preto.

Em algum ponto dentro dos próximos cinquenta anos, ele resgatou Dameshana das profundezas do inferno.

O Ninja que Veio da RoçaEditar

No ano de 1006, Vilano-San já é uma ameaça ao Japão feudal. Ele é informado por Dameshana sobre a vinda do "escolhido", o único ser capaz de derrotá-lo.
002 - A História de Villano.jpg

Villano-San recebendo uma informação de Dameshana.

Extraindo a informação de um camponês, ele descobre que o escolhido está treinando com Pai-Meio. Vilano-San tenta destruir Tonin, mas seu raio mental é anulado pela desafinação do menino, que canta a música "É o Amor", da dupla Zezé de Camargo e Luciano.

Vilano volta a sua caverna, e combina com sua "serva infernal" um plano para matar Tonin. O plano consistia em Dameshana se disfarçar de Givi Mipussi, suposta filha do Rei Mipussi. Porém, Dameshana é neutralizada, sendo "salva" por Pai-Meio, forçando o "velho emo" a forjar um sequestro da "doce princesa Givi". No entanto, Vilano é derrotado e morto por Tonin.

A vorta dos que num foiEditar

Na segunda temporada, é revelado que Vilano-San foi revivido pelo Oráculo. Sua primeira ação é ternar matar Pai-Meio. No entanto, logo descobre que sua ivulnerabilidade não valia mais. Buscando uma forma de recuperar seus poderes, ele procura a ajuda de Mipussi, que logo sugere usar os portais do tempo. Numa primeira tentativa, ele acaba indo para o ano de 1992, mata o pai de Creusa e a engravida de Tonin.
Hora da Revelação.jpg

Creusa faz a grande revelação.

Na segunda tentativa, ele é enviado para 2005, e acaba matando Tonin José, o irmão gêmeo de Tonin Carlos (o verdadeiro). Ao voltar ao Japão feudal, ele se surpreende em não só descobrir que Tonin estava vivo, mas que também é seu pai biológico.

O Ninja dos InfernoEditar

Na terceira temporada, após descobrir que Tonin é seu filho, Vilano-San decide não matá-lo. Mas, ele faz um pacto com Dameshana para ela lhe trazer Tonin morto e, em troca, ele lhe dará ouro e sangue.
Vilano-San no Trono.jpg

Vilano-San no trono.

A mulher-morcego trás o menino ensaguentado em seus braços, mas Vilano não dá a ela o que prometeu. Ela deve ter falsificado a morte de Tonin, pois ele se levanta logo em seguida. O vilão também divide o trono com Pai-Meio, que foi morto pelo Irmão Nº 4 e manda em todos os Ninjas de Preto.
Vilano-San morto a tiros.jpg

Finalmente, morto.

Ele foi morto de uma vez por todas a tiros pelos capangas de Aparecido, que descobre que também é seu filho biológico, já que Vilano-San retornou até a casa de Creusa no passado e a engravidou novamente. No final, é revelado que Aparecido está seguindo os passos do pai, e agora quer ser conhecido como o tirano Vilano-Segundo.

A Saga FinalEditar

Na quarta temporada, Aparecido está seguindo os passos do pai e agora quer ser chamado de Vilano-Segundo.
Vilano-San no Inferno.jpg

Vilano-San no inferno.

Vilano-San faz algumas pontas na saga em flashblacks e mostrando que agora sofre junto à Pai-Meio nas mãos de Lúcifer, o Pai da Mentira. Enfim, o verdadeiro vilão dessa saga é Aparecido/Vilano-Segundo. Vilano faz a sua ultima aparição, revelado que a após a Damechana ter convencido o Tião a ser uma pessoa melhor e impedir que os Ninjas de Preto comprassem o Tonin, Tião matou o Vilano-san e assim impedindo o nascimento do Aparecido.

MortesEditar

  • Tonin joga o Ke Jokura em Vilano e ele morre. Logo depois, o mesmo é revivido pelo Oráculo.
  • Os capangas de Aparecido o matam a tiros e ele vai pro inferno.
  • Tião mata a tiros, assim, impediu o nascimento do Aparecido.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória